• Campanha 2018
camp nac missoes
“É necessário que eu pregue o evangelho do Reino de Deus noutras cidades também, porque para isso fui enviado.” Lucas 4:43

O programa messiânico apresentado por Jesus na sinagoga de Nazaré foi cumprido, integralmente, durante seu mistério. A proclamação do ano aceitável do Senhor trouxe esperança aos pobres, cativos e oprimidos. Os milagres realizados pelo Messias serviram como sinal do Reino de Deus inaugurado entre os homens. Um evangelho que não era pregado somente aos ouvidos, mas também aos olhos.

O ministério de Cristo era marcado por profunda misericórdia para com os perdidos e exigia dedicação intensa. Em um mesmo dia Ele ensinou na sinagoga e libertou um homem possesso, curou a sogra de Pedro em sua casa, e acolheu uma multidão de pessoas que veio ao seu encontro, no pôr-do-sol, em busca de cura e libertação. Outra marca evidente do ministério de Jesus era a Sua profunda intimidade com o Pai. Após um dia exaustivo de atividades, Jesus vai a um lugar deserto para orar. Certamente, Ele conseguia atender às prioridades do ministério sem sucumbir às urgências, graças a sua comunhão com o Pai. No seu retorno, a multidão de necessitados o aguardava e insistia para que Ele não a deixasse. Jesus anuncia Sua agenda de pregação em outras cidades. Era necessário que o Evangelho do Reino fosse anunciado, com palavras e ações, em outras localidades também. O Messias confirma que seu ministério não é excludente nem segregado. Resistindo à tentação da comodidade e estagnação, Ele convoca parceiros para o anúncio do evangelho, que se colocam em movimento, desde Nazaré até Jerusalém e, de lá, até os confins da Terra.

A Campanha de Missões Nacionais 2018 conclama cada batista nacional para anunciar o evangelho de cidade em cidade, de aldeia em aldeia e de comunidade em comunidade. Somos hoje 2.425 igrejas e congregações batistas nacionais espalhadas pelos 26 Estados da Federação e no Distrito Federal.

Acreditamos no potencial de nossas igrejas que, movidas pelo poder do Espírito Santo, poderão levar o evangelho aos lugares mais remotos desta nação. Há em nosso país 121 etnias indígenas pouco ou não evangelizadas; estima-se que há 10 mil comunidades ribeirinhas ainda não evangelizadas, ou sem presença de uma igreja evangélica, na região norte; 10 mil assentamentos sertanejos sem nenhuma presença evangélica na região nordeste; aproximadamente 2.000 comunidades quilombolas sem presença de uma igreja evangélica; além dos inúmeros desafios ligados à evangelização dos ciganos, surdos, imigrantes, dos mais ricos entre os ricos e dos mais pobres entre os pobres.
Convocamos a nação batista nacional para orar, contribuir e dedicar-se à evangelização, plantação e fortalecimento de igrejas em regiões carentes e estratégicas da nossa pátria. Precisamos seguir a agenda que o Espírito Santo estabeleceu para nós e, assim como Jesus, resistir à estagnação.

Mobilize sua igreja e participe conosco dessa importante obra.

Pr. Elcimar Fernandes
Coordenador da SENAM


De Cidade em Cidade


Playback Com Vocal de Apoio


Playback Sem Vocal de Apoio






Download dos Arquivos da Campanha